BRILHO ESPECIAL NOS OLHOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Rene González | Em poucos dias estaremos celebrando O DIA MUNDIAL DAS MISSÕES DE 2023. Este ano a data marcada é dia 22 de outubro sob o lema “Corações ardentes, pês ao caminho” (cf. LC, 24 13-15). Curiosamente esse texto escolhido pelo Papa Francisco na sua mensagem para o Dia Mundial das Missões (na solenidade da Epifania do Senhor, 6 de janeiro de 2023) também foi o texto guia do 37º Capitulo Provincial Santo Tomas de Vilanova. Parece que foi há muito tempo, mas na realidade foi a pouco mais de um ano. Seria bom reler a mensagem do capitulo provincial para relembrar um ponto fundamental: Revitalização do espírito missionário.

Falar dos campos de missão dentro da Família Agostiniana Recoleta é relativamente fácil, mas vive-la, conhece-la, senti-la como nossa é bem diferente. Normalmente, a maioria das pessoas vibram com as histórias e experiencias dos missionários e inclusive sentem grande admiração pelo seu serviço na Igreja. A pergunta seria: é suficiente ter essa admiração pelos missionários? É suficiente uma petição na missa ou na oração da Liturgia das Horas? Me atrevo a afirmar que não. Normalmente, os missionários encontram uma imensa alegria na evangelização do povo. De fato, a palavra de Deus ilumina e transforma o coração deles mesmos e das pessoas que acompanham. Mas também o Papa Francisco mostra que é necessário expressar nossa proximidade em Cristo com eles, “sobretudo quando se sentem frustrados, desanimados, temerosos perante o mistério da iniquidade que os rodeia e quer sufocá-los”. Muitos de nós conhecemos amigos que estão em terreno de missão, mas talvez por esquecimento ou porque estamos muito ocupados, não encontramos o momento de conversar, dar umas gargalhadas e inclusive falar dos nossos desafios e esperanças, incentivarmo-nos mutuamente em nossos diferentes serviços.

Outro ponto chave na mensagem do Papa é quando nos diz que Jesus na Eucaristia é ápice e fonte da missão: “cada discípulo missionário é chamado a tornar-se, como Jesus e n’Ele, graças à ação do Espírito Santo, aquele-que-parte-o-pão e aquele-que-é-pão-partido para o mundo”. Que bonito é quando o missionário celebra a Eucaristia em um lugar onde nunca foi celebrada antes! A simples presença do missionário através da Eucaristia torna-se um lugar de alegria, esperança e harmonia. De fato, o fruto da evangelização transforma a própria realidade com o passar do tempo. Por isso, o Papa diz também que “A propósito, é preciso ter presente que, se o simples repartir o pão material com os famintos em nome de Cristo já é um ato cristão missionário, quanto mais o será o repartir o Pão eucarístico, que é o próprio Cristo?”.

“Pés ao caminho, com a alegria de proclamar Cristo Ressuscitado”. Essas palavras são a consequência daqueles que transluzem uma relação com Deus que vai além da normalidade. Normalmente, esse tipo de missionários ou religiosos tem um brilho especial nos olhos. Um olhar que vai além da idade e que nos deixa fora da nossa zona de conforto, porque nos confronta com sua fé, vitalidade e dinamismo. Aqueles que ficam entusiasmados com o chamado que Jesus Cristo fez um dia e que se

entregam com alegria. Aqueles que tem piedade dos pobres, dos fracos, dos pecadores, dos últimos e os defende mesmo colocando em risco sua própria vida.

Na Província Santos Tomás de Vilanova temos terrenos de missão onde os missionários dedicam sua vida a Deus e ao povo. Não sei se você conhece a missão de Marajó (Brasil), Chota (Perú) ou os projetos sociais da Venezuela e da Argentina. Seria bom, que neste mês missionário possamos conhecer e reforçar nossa vinculação afetiva com nossas missões e projetos. “Todos podemos contribuir para este movimento missionário: com a oração e a ação, com ofertas de dinheiro e de sofrimento, com o próprio testemunho.” (MENSAGEM DE SUA SANTIDADE PAPA FRANCISCO PARA O DIA MUNDIAL DAS MISSÕES DE 2023).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

Celebração da Recoleção Agostiniana na Venezuela: um encontro de gratidão e esperança.

 A celebração da Recoleção Agostiniana na Venezuela foi mais que …

Dia da Recoleção

O Dia da Recoleção é uma data-marco para os agostinianos …

Encontro Sinodal do CEAR

Nos dias 17, 18 e 19 de novembro aconteceu no …

ARTIGOS RELACIONADAS

Dia da Recoleção

O Dia da Recoleção é uma data-marco para os agostinianos recoletos por chancelar o reconhecimento da Ordem como família religiosa,…

COMENTÁRIOS