O que podemos aprender com os santos agostinianos?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Site da Ordem – O testemunho de vida dos santos agostinianos ensina muitas virtudes que, mesmo passados os anos, podem continuar a serem postas em prática.

No dia 13 de novembro, festa de Todos os Santos da Ordem, a família agostiniana recorda de maneira especial a vida dos santos que, de uma forma ou de outra, viveram as virtudes cristãs e deixaram sua marca nos demais. Cada história tem suas particularidades, mas todas compartilham o mesmo denominador comum: fé e esperança em Deus.

Seguindo o exemplo de Santo Agostinho -o primeiro, junto com Santa Mônica-, os santos agostinianos se empenharam em seguir Cristo e glorificá-lo com a vida, sempre através da vida comunitária e do amor a Deus como ideais de vida. Da austeridade da vida de São Nicolau de Tolentino a entrega de Santa Madalena de Nagasaki. Com todos, você pode aprender quatro virtudes que pode transferir para sua própria vida.

Santo Agostinho

Caridade fraterna

Fé em Cristo e na Igreja

Perseverança pela graça

Paciência na frente do irmão

 

Santa Mônica

Fé no poder da oração

Coerência de vida e exemplo

Saber como reconciliar aqueles que estão em desacordo

Força para resistir à tribulação

 

São Nicolau de Tolentino

Austeridade de vida

Caridade para com os pobres e enfermos

Alegria na vida em comunidade

Desapego de bens materiais

 

Santo Tomás de Vilanova

Amor a verdade

Dedicação ao estudo

Caridade com os pobres e necessitados

Criatividade para enfrentar os desafios da vida e da fé

 

Santa Rita

Perdoar os inimigos

Paciência e saber suportar as tribulações

Oração incansável

Amor incondicional por Deus

 

Santa Madalena de Nagasaki

Amor a Deus e família

Fortaleza diante das dificuldades

Zelo para anunciar Cristo

Coerência de vida em todos os momentos

 

Santo Ezequiel Moreno

Caridade com os pobres e necessitados

Amor apaixonado por Cristo

Desejo de anunciar o Evangelho

Austeridade de vida e capacidade de renúncia

Santos Alipio e Posidio -amizade incondicional-, São Juan de Sahagun -entusiasmo em dar a conhecer o Evangelho-, Santo Alonso de Orozco -simplicidade evangélica- ou os Beatos mártires do Japão e de Motril -entrega sem limites a Deus-. Todos eles encorajam a ser santos na vida comum, sem grandezas, mas com uma vida simples e coerente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

“Não tenhamos medo, o Senhor está conosco”

Site da Ordem – O Prior geral presidiu a Eucaristia …

Ordenação Sacerdotal de frei Gabriel Finol OAR

A Ordem dos Agostinianos Recoletos, Província Santo Tomás de Vilanova …

Ato Comemorativo dos 400 anos do primeiro Capitulo Geral dos Agostinianos Recoletos

Iniciamos o ato comemorativo dos 400 anos do primeiro Capítulo …

ARTIGOS RELACIONADAS
COMENTÁRIOS