Província de Santo Tomás de Vilanova : três anos depois da grande união

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Frei Nicolás Vigo | Dircom Províncial | Em 19 de setembro de 2018, o Prior Geral da Ordem dos Agostinianos Recoletos, Frei Miguel Miró, promulgou o decreto no qual unia, por incorporação, a Província de São José e Santa Rita de Cássia à Província de Santo Tomás de Vilanova.

Esta união se concretizou no 36º Capítulo Provincial realizado em 10 de outubro de 2018 em Monachil (Granada, Espanha).

Um novo desafio

Desde então, a Província de Santo Tomás de Vilanova foi enriquecida com mais religiosos e ministérios; além disso, expandiu sua presença em mais países. Atualmente, ela está na Argentina, Brasil, Espanha, Peru e Venezuela.

A pastoral dos religiosos tem sido um grande desafio, não só pelo número de ministérios que a Província tem, mas também pela diminuição do número de religiosos, por diferentes causas; entre eles, a velhice e a morte de muitos deles, bem como a escassez de vocações jovens que conduzem a obra evangelizadora.

Em 2021, as estatísticas mostraram os seguintes números. Na Argentina: 6 comunidades e 21 religiosas; no Brasil: 18 comunidades e 74 religiosas; na Espanha: 11 comunidades e 99 religiosas; no Peru: 6 comunidades e 26 religiosas; e na Venezuela: 9 comunidades e 35 religiosas.

Da mesma forma, a Província conta com 7 bispos que exercem seu ministério pastoral a serviço da Igreja: 2 no Brasil, 3 no Peru e 2 na Argentina.

Igualmente, em sua ânsia de tornar realidade o anúncio de Jesus Cristo. Segundo o estilo de Santo Agostinho, a Província cuida das paróquias, escolas, instituições de serviço social e dos meios de comunicação social. Trabalho realizado com dinamismo e eficácia.

Uma nova realidade que funciona

A mudança na divisão territorial quase não foi percebida na Província, já que o aspecto jurídico não afeta a vida das comunidades.

Com esta mentalidade, os religiosos das antigas Províncias de São José e Santa Rita de Cássia colocaram seus ministérios e religiosos a serviço da renovada Província de Santo Tomás de Vilanova. Colocando nela toda a sua criatividade e zelo pastoral.

Sem dúvida, uma união fecunda que olha para o futuro e dá testemunho da comunidade e do estilo de vida evangélico; após o Capítulo de 2018, as comunidades se uniram, em uma mescla proveitosa, com religiosos de diversas nacionalidades que pertenciam a outras Províncias.

Três anos desde o 36º Capítulo Provincial

O dia 10 de outubro comemorou os 3 anos daquele histórico Capítulo provincial, cujo lema era: “É preciso nascer de novo”.

Ao recordar este aniversário, o Prior Provincial, Frei Miguel Ángel, numa circular interna, recordou a importância desta data e exortou os religiosos a continuarem a trabalhar para alcançar a comunhão efetiva: “Três anos de capítulo histórico e com mudanças significativas para a vida dos os religiosos que fizeram parte das três Províncias que integramos; três anos de um capítulo que nos encorajou a ver a nova realidade provincial como um dom do Espírito e a comprometer-nos na construção de uma união afetiva de almas e corações; três anos de um capítulo que nos desafiou a sermos construtores de comunhão, como o Papa Francisco havia pedido à Ordem no último Capítulo Geral.

Enquanto o mundo anseia por superar a pandemia desencadeada pela COVID-19, a Província de Santo Tomás de Villanova renova seus esforços para voltar ao trabalho pastoral aplicando protocolos de biossegurança para continuar acompanhando a vida de milhares de pessoas que se beneficiam do carisma do Ordem dos Agostinianos Recoletos na Igreja

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

“Não tenhamos medo, o Senhor está conosco”

Site da Ordem – O Prior geral presidiu a Eucaristia …

Ordenação Sacerdotal de frei Gabriel Finol OAR

A Ordem dos Agostinianos Recoletos, Província Santo Tomás de Vilanova …

Ato Comemorativo dos 400 anos do primeiro Capitulo Geral dos Agostinianos Recoletos

Iniciamos o ato comemorativo dos 400 anos do primeiro Capítulo …

ARTIGOS RELACIONADAS
COMENTÁRIOS