Noticias de ARCORES – Julho de 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A cidade de fortaleza no estado do ceará, hoje é uma das que lideram o ranking nacional de vitimas, principalmente de exploração e abuso sexual com crianças e adolescentes do sexo feminino. São meninas vindas da periferia da cidade, de bairros extremamente pobres, carentes de recursos financeiros, estrutura familiar e ambiental, sofrendo maus tratos psicológicos e sexuais. Diante dessa dramática  situação foi criado o lar Santa Monica para promover o resgate e o cuidado dessas crianças. O lar acolhe e abriga meninas entre 7 e 18 anos. Fundada pela Ordem dos Agostinianos Recoletos no ano de 2007, o Lar Santa Monica desde a sua inauguração tem acolhido mais de 100 crianças/adolescentes, sendo 36 (número Maximo de acolhimento que a entidade comporta) além de jovens maiores de 18 anos em regime de republica, espaço que pode acolher até 06 jovens, dedicado a capacitação profissional, inserção no mercado de trabalho e reinserção social. O Lar conta com uma excelente equipe de funcionários (educadores, sociais e cuidadoras, psicólogas, assistente social, professoras, cozinheiras, serviços gerais) e um grupo de voluntários na área da ginecologia, odontologia, preparação física, psicopedagogia, assistência social, contabilidade, e artes… Atualmente a Coordenação da Unidade de Acolhida esta nas mãos das religiosas Missionárias Agostinianas Recoletas, e a Direção e Presidência da Associação recaem na Ordem dos Agostinianos Recoletos, fundadora da Instituição. O Lar funciona exclusivamente de doações.

Durante as férias, as meninas do Lar Santa Monica (que faz parte das Obras Sociais dos Agostinianos Recoletos e ARCORES), que acolhe menores vitimas de violência física, psicológica e sexual em Fortaleza – Brasil, desenvolveram atividades para ajudar os mais necessitados. Foram distribuir sopa numa praça local. Alguns queriam comida e água, mas outros queriam que lhes falasse de Deus, lhes desse uma benção para sua saúde. As meninas distribuíram sopa, biscoitos, brincaram com as crianças, conversaram com os adultos, se sentiram importantes, úteis, viveram a experiência da solidariedade, de repartir com o outro o bem que receberam e a comoção foi tão grande, que alguns quiseram levar aquelas pessoas para o lar, local que elas consideram “casa. Experiência emocionante e marcante para todos.

NOTICIAS APADRINHAMENTOS

Vamos iniciar no mês de agosto uma campanha para apadrinhamento das nossas crianças de Breves, Portel e Belém e aos projetos ARCORES BRASIL. Estamos precisando do compromisso e colaboração de todos. Todos nós sabemos das dificuldades que o Brasil e o mundo estão passando economicamente, conseqüência da pandemia,  e todos sentimos nas nossas compras: alimentos, farmácia, médicos…. o quanto está difícil honrar nossos compromissos. Mas por experiência sabemos do retorno em graças que recebemos quando partilhamos, ainda que com pouco, aquilo que temos. Para nós, o pouco se soma em muito. Contamos com vocês, contamos com a solidariedade em doar aos que não tem.

S.O.S ARCORES APADRINHAMENTO.  Contato: (21)9848-90162

e-mail: brasil@arcores.org Nosso muito Obrigado.

 Nossa Conta:

CAIXA ECONÔMICA – AG: 0218 – C/C: 2184-9 – OP: 003 – CNPJ: 07.373.949/0001-86

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA HAREN ALDE – PIX = Nº DO CNPJ

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

CSA-Leblon: Dia Vocacional Missionário para o Ensino Médio

Pastoral CSA- Leblon – Os alunos do Ensino Médio participaram …

20 de outubro: Santa Madalena de Nagasaki

Padroeira da Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta Frei Jose Roberto Mason …

Cinco ideias do Congresso sobre a Vida e a Dignidade Humana

O Centro de Espiritualidade Agostiniano Recoleta da Andaluzia realizou, de …

ARTIGOS RELACIONADAS
COMENTÁRIOS