Visita de renovação – Capelinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Frei Juan Manuel Zanutti – Continuando com a visita provincial de renovação, o P. Provincial e o Secretário provincial viajaram à cidade de Franca. Franca é uma cidade do interior do estado de São Paulo, distante 401 km da capital estadual, no norte do estado, município que faz limite com o estado de Minas Gerais. Franca é conhecida como a capital nacional do calçado de couro legítimo.


Nesta cidade, a Província Santo Tomás de Vilanova tem duas comunidades e nesta ocasião, entre os dias 28 de junho e 1 de julho, foi feita a visita ao seminário e paróquia Nossa Senhora Aparecida, popularmente conhecida como “Capelinha”. A história de Franca e da Capelinha, estão ligadas à nossa ordem desde o inicio do século XX. Nossos frades chegaram ao lugar onde se assentaram no ano 1918, numa igreja que atualmente é a catedral diocesana. Adquiriam uma chácara e começaram o maravilhoso trabalho pastoral e a construção da igreja, inaugurada em 1925. Dois anos depois, foi inaugurado o seminário que até o presente funciona como seminário filosófico. Nossos postulantes estudam no Instituto Agostiniano de Filosofia, que também acolhe alunos externos, como por exemplo os seminaristas da diocese de Franca.
No presente, a comunidade religiosa está conformada por: fr. Rodolfo Werneck, prior; fr. Edwin Sánchez, pároco; fr. Danilo Janegitz, formador; fr. Reginaldo Batista, membro da equipe de formação; fr. Ivo bochetti; fr. André Pereira, promotor vocacional e membro da equipe; fr. Helton Pimenta, professor do instituto e membro da equipe e fr. José Maria Naranjo da Província São Nicolau de Tolentino que é mais um membro da equipe de formação.

Atualmente temos 20 postulantes e 9 pre noviços nesta casa de formação da Capelinha.
Além da atividade formativa, temos um prolífero apostolado paroquial, o qual faz parte importante da evangelização nestas terras paulistanas, já que os nossos frades atenderam a maioria dos povos da redondeza que hoje são paróquias diocesanas. Atualmente na capelinha, temos a igreja Matriz e mais sete capelas na cidade e outras três em zona rural.

A nossa paróquia se destaca pelas romarias de nossa senhora, festas comemorativas, grande e variada atividade catequética e por ter uma sensibilidade social muito forte, o que leva ao atendimento diário de pessoas necessitadas, doando cestas básicas, roupa, materiais de saúde como fraldas, camas de hospital, cadeira de rodas, bengalas, entre outros. Tudo sustentado pela graça de Deus, a religiosidade do povo de Deus e o trabalho dos nossos irmãos agostinianos recoletos nestas terras francanas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS
ARTIGOS RELACIONADAS
COMENTÁRIOS