ATA-NOS, Ó MARIA, COM A CORREIA DO TEU AMOR!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A Sagrada Correia de Maria: distintivo Mariano da Ordem Agostiniana

Fr. Roan Ataíde, OAR – Alguns dias atrás uma paroquiana da Paróquia de Santa Mônica do Leblon, me dizia que um senhor lhe perguntou se a devoção da Sagrada Correia de Nossa Senhora ainda existia. Ela, uma fervorosa devota de Nossa Senhora da Consolação e Correia, respondeu-lhe que bastava ir na Igreja de Santa Mônica para comprovar. A devoção à Sagrada Correia é a devoção própria dos Agostinianos Recoletos: assim, os frades dominicanos têm Nossa Senhora do Rosário; os carmelitas, Nossa Senhora do Carmo; os salesianos, Nossa Senhora Auxiliadora; os barnabitas, Nossa Senhora da Divina Providência, os Frades Agostinianos Recoletos, têm na Virgem Mãe da Consolação e Correia sua doce e materna companhia. A Virgem Maria tem acompanhado nossa Ordem com múltiplas bênçãos e temos sentido inúmeras vezes sua presença materna, no devir de nossa história. Cresce a cada dia o amor para com a Mãe que a todos Consola nas nossas Igrejas, colégios, missões e seminários confiados à Ordem Recoleta. Existe toda uma teologia bíblica da Sagrada Correia. O uso de pelo menos 39 registros da palavra Correia (ou cinto) nas Sagradas Escrituras nos comprova isso. A Correia não era apenas uma peça de enfeite de vestuário. Não era apenas uma faixa de couro ou pano para ser usada à altura da cintura, como também certa variedade de cinturões. As Correias eram usadas para ajustar à cintura a roupa debaixo e a túnica. Assim, a Sagrada Correia é sinal de Fidelidade, pois em Is 11, 5, a Sagrada Escritura nos diz: “Cintura de seus flancos é a fidelidade”. Na fidelidade ao Senhor está todo o dinamismo da fé; a Sagrada Correia é sinal de prontidão para anunciar a palavra do Senhor. Deus diz a Jeremias: “Tu, porém, cinge-te com o teu cinto e levanta-te para dizer-lhes tudo quanto te ordenar” (Jr. 1, 17); a Sagrada Correia é sinal de vigilância. Em Lc 12, 35 Jesus nos diz: “Estejam cingidos os vossos rins e acessas vossas lâmpadas”, pois Ele passa a todo momento em nossas vidas, aproximando-nos cada vez mais da páscoa da eternidade (Cf. Ex 12, 11); a Sagrada Correia é sinal de Serviço. Jesus nos convida à está servindo, dizendo-nos que ele mesmo nos premiará pela por esta atitude: “Feliz o servos que  senhor à sua chegada encontrar vigilantes. Em verdade vos digo, ele se cingirá e os porá à mesa e, passando de um a outro, os servirá” (Lc 12, 37). Ele nos quer parecidos com Ele que veio servir e não ser servido; a Sagrada Correia é sinal de querer viver na verdade. S. Paulo nos diz:“Estai, pois firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade” (Ef 6, 14).Esta verdade, mais que a verdade filosófica ou intelectual, é sinônimo de coerência de vida, coerência entre o que se diz e o que se faz; finalmente,a Sagrada Correia é sinal de castidade, já que os “rins” para os antigos simbolizavam poder e força, pois estão localizados na região da cintura, nos quadris, sede das funções geradoras. Os monges antigos adotaram o uso da Correia nesse sentido. Também desta relação entre a Correia e castidade criou-se o costume da entrega da correia (cinto) que as viúvas, na Idade Média, costumavam depositar sobre a tumba de seus maridos, quando renunciavam à sua sucessão. Para São Germano, Patriarca de Constantinopla (+730), a SagradaCorreia é sinal de proteção da Mãe de Jesus. Ele tem sermões belíssimos sobre Sagrada Correia de Maria, conservada em Constantinopla (Estambul), na Igreja de Chalcopratia (mercado de cobre), até o assalto dos turcos, em 1453. Em um desses sermões, o santo patriarca nos diz: “Saudamos nesta festa a venerável Correia, aquela Correia que cingia o corpo todo santo e circundava a Deus escondido naquele seio; aquela Correia que, com elegância e nobreza ornava a Arca de Deus; aquela Correia que frequentemente se embebia das gotas do puro leite da Puríssima” (Patrologia Grega 98, 375). São Germano continua seu louvor à Sagrada Correia da Virgem Maria com belíssimas comparações. Se uma ânfora que esteve em contato com um ungüento perfumoso se impregna do perfume e o conserva por muito tempo, “que podemos dizer sobre a Correia que envolveu e abraçou por longo tempo aquele perfumado ungüento verdadeiramente inesgotável e divino, isto é, o corpo puríssimo e imaculado da Mãe de Deus?” (Patrologia Grega 98, 375). São Germano atribua à Sagrada Correia efeitos milagrosos: afasta os sofrimentos do corpo e da alma, oferece vida eterna a quem a honra, concede mortificação às paixões e coragem nas obras virtuosas, alivia e diminui a debilidade de nossa natureza, acorrenta nossos inimigos invisíveis e visíveis, etc… No mesmo sermão, finalmente dirigindo-se à Sagrada Correia, lhe implora: “Ó Correia venerável, concedei-me a santificação, a fortaleza, a propiciação, a saúde: a mim e àqueles que com amor se aproximam e se prostam neste venerável templo! Ó Correia venerável, que circundais e cuidais vossa cidade e a preservais imune do assalto dos bárbaros! Ó Correia preciosa que envolvestes o Verbo de Deus que estava dentro do seio, de quem vos enriqueceu com o dom da cura e nos concede este mesmo dom!… Ó preciosa Correia da preciosíssima Mãe de Deus, cingi nossas cinturas coma verdade, a justiça, a mansidão! Fazei-nos herdeiros da vida eterna e bem-aventurada, e mantende esta nossa vida mortal livre das insídias dos inimigos  invisíveis e visíveis. Guarda incontaminada a fé na paz. Ó puríssima Correia da Puríssima, conservai a vossa herança, vosso povo, reto na fé, seguro pela vida segundo Deus, ileso de qualquer perigo! Que possamos ter-vos com força e ajuda, muro e trincheira, porto e refúgio salvador! (Patrologia Grega 98, 378).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

Dia dos Avós e dos Idosos

Frei Sérgio Sambl  – No último domingo de julho, dia …

Festa de Santa Maria Madalena – 22 de Julho

Frei Luis Carlos Albim – O Papa Francisco elevou à …

Tatuagens e vocação

Site da Ordem – O religioso agostiniano recoleto Alfonso Lomeli …

ARTIGOS RELACIONADAS

Tatuagens e vocação

Site da Ordem – O religioso agostiniano recoleto Alfonso Lomeli está realizando o mês de preparação para a profissão solene.…

COMENTÁRIOS