Natal Solidário em Salvaterra – PA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

MOVENDO CORAÇÕES, TRANSFORMANDO VIDAS

Um ano mais nossa comunidade católica de Salvaterra celebrou a festa de sua padroeira – Nossa Senhora da Conceição, neste primeiro domingo de dezembro – 2° Domingo do Advento. Como bem sabemos a realidade da pandemia nos permitiu fazer novas muitas coisas em nossa Igreja Marajoara: a forma de pensar a vida comunitária, nossas pastorais, assim como novas formas de ação social. Nesse sentido que nosso povo vem vivendo o Círio e o tempo próprio do advento: em um novo formato, que tem em sua base uma nova mentalidade.

Este ano de 2020 tão atípico e adverso, em meio a pandemia da covid-19, do alto índice de desemprego e instabilidade financeira para muitas famílias marajoaras, como é o caso de Salvaterra, o povo católico deixou muito claro que é, precisamente nesse momento, que a solidariedade em favor das famílias mais carentes, faz toda a diferença em nossa Igreja. Com o lema MARIA, MÃE PROFETA DA LIBERTAÇÃO, nossa comunidade, com grande alegria e entusiasmo abraça este ano a causa do Reino de Deus através de seus pobres. Como ARCORES bem marcou ao longo de 2020 nosso horizonte de sentido de ação social: “Somos profetas do Reino – pobres, projetos sociais, periferias”.

Desde princípios do mês de outubro, com o envio dos missionários para a visita da Igreja Doméstica, e impulsionados pela iniciativa do Setor Juventude de Salvaterra, foi dado início também à campanha de arrecadação de alimentos e roupas que serão, brevemente, doadas às famílias carentes de nossa comunidade. Este gesto de estender a mão, literalmente, aos mais pobres vem sendo enfatizado pelo próprio Papa Francisco, e pelo nosso bispo Dom Evaristo.

Celebrar o “Círio Solidário” – a festa de nossa padroeira em um novo formato – deixou em evidência que a fé de nosso povo católico salvaterrense continua nos movendo a sair de nós mesmos e ir ao encontro dos irmãos mais pobres. Enquanto a imagem de N.S. da Conceição passava pelas ruas de nosso município muitas famílias, vizinhos, amigos, reunidos como Igreja, fizeram suas doações de alimento. No inicio do ano já nos assinalava a Campanha da Fraternidade: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34). Pois, assim foi a experiência do Círio 2020 em Salvaterra.

Gratidão a Deus, e a nossa Igreja Católica em Salvaterra, por tantas pessoas que sentem e escutam o clamor de nosso Senhor nos mais pobres e humildes. Graças a Deus, às nossas famílias, amigos, turistas, comerciantes pequenos e grandes empresários que sentindo a necessidade em seu coração, diante da Virgem da Conceição, tomaram a iniciativa de contribuir com os pobres e humildes. Que o mesmo desejo infundido no coração da Mãe de Jesus para sempre fazer a vontade do Pai, continue sensibilizando nossos corações em favor do Reino de Deus, especialmente nos pobres e excluídos de nossa querida Princesa do Marajó.

6. Esta iniciativa solidária nascida do povo em favor do povo vem sendo potencializada, no decorrer do ano, através de ARCORES, que atualmente já atende pouco mais de quatrocentas famílias na Prelazia do Marajó, das quais cinquenta e seis são de nossa comunidade de Salvaterra. Continuemos rezando e trabalhando para que iniciativas que nos levem ao Reino de Deus, através dos pobres e necessitados de nossa comunidade, estejam sempre entre nossas prioridades como Igreja em saída, conforme tanto vem insistido nosso Papa e nosso bispo da Prelazia do Marajó. Como diz nosso lema: MOVENDO CORAÇÕES, TRANSFORMANDO VIDAS.

#natalsolidario
#ciriosolidario
#CírioSalvaterra2020
#ARCORES
#ARCORESBrasil
#ARCORESMarajó

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
DESTACAMOS

FAMÍLIA AGOSTINIANA RECOLETA NO BRASIL PROMOVE LIVE VOCACIONAL

“Todos eles, unânimes, perseveravam em oração e súplicas.” (Atos dos …

A Equipe de Revitalização da Ordem avalia seu trabalho e traça planos para o ano de 2022

Frei  Bruno N. D’Andrea | Roma | A Equipe de …

JAR PORTEL: 18 ANOS DE HISTÓRIA

Mabel Albuquerque – Em meados de 2002, no município de …

ARTÍCULOS RELACIONADOS
COMENTARIOS