Agostinianos Recoletos
  • Home
  • Artigo
  • Santo Agostinho e Santo Tomás de Vilanova na catedral de Cáceres
Artigo Espanha Santo Agostinho Santos Agostinianos

Santo Agostinho e Santo Tomás de Vilanova na catedral de Cáceres

As figuras dos dois bispos aparecem no retábulo da Co-catedral

Frei Severiano de Cáceres | Espanha | Embora Co-Catedral de Cáceres tenha sido originalmente um edifício do românico tardio do século XIII (existem alguns vestígios mínimos como os cachorros nas fachadas), o templo que sobreviveu até hoje é quase totalmente gótico com partes renascentistas, tendo sido profundamente reformado durante os séculos XV e XVI.

A Santa Iglesia Co-Catedral de Santa María é o templo cristão mais importante de Cáceres e, desde 1957, tem o título de Co-catedral.

A origem desta igreja remonta ao século XIII como templo românico, mas a sua destruição conduziu à criação de uma nova igreja do gótico tardio entre os séculos XV e XVI. Deste período românico surgem mísulas de viga que se projetam para o exterior – nas portas góticas ocidentais e meridionais.

O templo é construído em cantaria dourada e o exterior destaca-se pela sobriedade típica da arquitetura medieval espanhola. Devido à sua reconstrução entre os séculos XV e XVI, está impregnada de elementos de transição para o gótico e renascentista, visíveis na torre e no coro.

O retábulo-mor da catedral de Cáceres data do século XVI e é uma das grandes peças do Renascimento espanhol, talhado por Roque de Balduque e Guillén Ferránt.

Roque Balduque, foi um artista flamenco que deixou toda a sua marca artística em Medina de Rioseco (Valladolid), Sevilha, Chiclana, Medina de Sidonia (Cádiz) e Cáceres. Nasceu em Bois-le Duc, capital de Brabante do Norte, casado com Isabel Balduq e tinha um filho.

Quando se estabeleceu na província de Valladolid, executou várias obras tanto para a referida província como para Palência. Mas é a partir de 1554 que Roque Balduque começa a executar suas melhores obras para Sevilha. Ele morreu no ano de 1561.

O retábulo foi coroado pelo tríptico do Calvário que se encontra no lado esquerdo do templo.

Durante a década de 50 as cadeiras dos cônegos foram colocadas no presbitério, quando esta antiga igreja foi agraciada com a categoria de Co-catedral. Na parte superior, no retábulo, chama a atenção uma pintura de temática medieval, que representa a luta do bem contra o mal, que retrata a luta do Arcanjo São Miguel contra os demônios.

No final de 1950 e início de 1960, todo o presbitério foi remodelado, acrescentando-se os assentos corais que exigiam a elevação do retábulo e a retirada do Calvário. A empreitada das obras ficou a cargo de Juan Martínez com projeto e direção do arquiteto Dom José Manuel González Valcárcel. Em 1993, o retábulo foi consolidado e limpo, as obras foram realizadas pelas restauradoras de Cáceres María de los Ángeles Penas Rentero e Gracia Sánchez Herrero Rosado

O retábulo é completado por acentos modernos: a alta esculpida em 1950 na oficina madrilena dos irmãos Solís, possui misericórdia e vários relevos de santos, presidida pela figura de Jesus Cristo, que ocupa a cadeira central do Bispo.

Da esquerda para a direita, ao olharmos para: San Fernando Rey, Santo Tomás de Vilanova, São Lourenço, Santo Agostinho, São João de Ribera, São Rafael Arcángel, São Pedro e São Paulo. Seguem-se São João Batista, São Benedito de Núrsia, São Pedro de Alcântara, São Jerónimo, São Diego de Alcalá e São Tiago Maior.

As baias baixas são das oficinas de Antonio Martínez de Horche (Guadalajara), ano 1990.

Acredito que a decisão de colocar nossos Santos: Tomás de Vilanova e São João de Ribera pode ser que ambos foram grandes arcebispos de Valência, a terra natal de Dom Manuel Llopis Iborra, valenciano, que foi elogiado como bispo de Coria em 4 de fevereiro de 1950 e foi consagrado no dia 30 de abril de 1950. Em 1953, quando foi assinada a nova concordata com a Santa Sé, o nome da diocese foi estendido a Coria-Cáceres.

Noticias Relacionadas

O prior provincial oferece dados sobre a pandemia, cumprimenta por Santa Rita e comunica a entrega da paróquia Santa Rita de Igarapava.

Sergio Sambl

Celebremos Santo Ezequiel Moreno

Sergio Sambl

Um amor de paixão

Rodolfo Pereira

Fallece en Madrid un agustino recoleto de 75 años por coronavirus

Nicolás Vigo

Profissão de Votos Simples – Profesión de Votos Simples

Sergio Sambl

Visita fraterna à casa Noviciado de Monteagudo

Vanesa Pagiola

Deja un comentario