Agostinianos Recoletos
  • Home
  • Brasil
  • Frei Laércio da Cruz – OAR – Toma posse como Administrador Paroquial em Breves-PA, na Prelazia do Marajó
Brasil Notícias Paróquias

Frei Laércio da Cruz – OAR – Toma posse como Administrador Paroquial em Breves-PA, na Prelazia do Marajó

Durante a Semana Agostiniana, na terça-feira, 25 de agosto, Dom Evaristo OFM – Bispo da Prelazia do Marajó – Celebrou a missa da posse de Frei Laércio da Cruz OAR como administrador paroquial da comunidade de Sant’Ana, em Breves-PA.

Breves possui a maior população entre os 16 munícipios que constituem o arquipélago do Marajó, com 102 mil habitantes. Somando as duas comunidades paroquiais da Prelazia do Marajó em Breves, nossa Igreja possui quase 200 CEB’s (Comunidades Eclesiais de Base), das quais, 106 comunidades pertencem à nossa paróquia OAR; 9 comunidades urbanas e 97 comunidades ribeirinhas. Cerca de 15 horas de viagem em barco separam a Igreja Matriz das comunidades ribeirinhas mais distantes.

No pico da pandemia do novo coronavírus no Marajó, entre março e maio, Breves se converteu no epicentro da pandemia ganhando os noticiários nacionais por conta do alto índice de vítimas fatais de covid-19 (por cada 100 mil habitantes) sendo comparado, inclusive, com capitais como Manaus-AM e Macapá-AP.

Frei Laércio chegou na missão de Marajó depois de viver também na Prelazia de Lábrea, criada e encomendada à OAR na mesma época da Prelazia do Marajó, a primeira em 1925 enquanto que esta última em 1928. Os desafios da Igreja Marajoara são grandes. A pandemia só veio deixar mais ainda em evidência os problemas estruturais e históricos da região marajoara, conhecida por estar sob a “linha da extrema pobreza”.

Não somente pelo crescimento populacional, mas também por estar no centro comercial, ser o centro da saúde pública e universitário da região, assim como o centro da Prelazia do Marajó, o município se converteu em “capital” e tem hoje o status de ser a Capital do Marajó. Sant’Ana é uma paróquia desafiadora com uma centena de comunidades entre a zona urbana e rural, atendendo 172 famílias através de ARCORES e com uma escola em convênio com o poder público municipal.


A comunidade OAR em Breves está formada por quatro frades: Frei Laércio, José Manuel, Cleto e Pedro. Que lhes tenhamos em nossas orações, especialmente, neste momento de pandemia no qual as dificuldades aumentam em nossa região marajoara. Boa parte do tempo, os missionários a dedicam para as visitas às comunidades rurais, que para a realidade de Breves são comunidades ribeirinhas dispersas ao longo do grande rio Amazonas. Apesar de no momento, as visitas cessarem por conta da pandemia, a realidade exige de nossos frades que criem novos meios de ser “Igreja presença” como tanto insiste o Sínodo para a Amazônia.

Rezemos juntos por nosso irmão, Frei Laércio da Cruz para que o Senhor lhe conceda discernimento e ânimo para orientar e levar adiante a missão que lhe foi confiada. Que Sant’Ana o proteja e o ajude a seguir os passos dos missionários OAR que nos precederam nestas terras e águas distantes para muitos em outras regiões de nosso país. Porém, com quase um século de história testemunhando o labor apostólico e missionário de nossos frades OAR.

Noticias Relacionadas

Los alumnos del Santa Rita de Casia de Lima logran el primer lugar en creatividad

Nicolás Vigo

Vocações em tempos difíceis: contagiar pelo entusiasmo

Vanesa Pagiola

Frei Eddy Pólo: “Neste momento, precisamos transmitir uma mensagem de tranquilidade e paz com sensibilidade e prudência”

Nicolás Vigo

O prior provincial oferece dados sobre a pandemia, cumprimenta por Santa Rita e comunica a entrega da paróquia Santa Rita de Igarapava.

Sergio Sambl

NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO – Padroeira dos Agostinianos e Protetora da Prelazia do Marajó

Vanesa Pagiola

Como enfrentamos a pandemia nos Andes? Rezamos juntos?

Rodolfo Pereira

Deja un comentario