Agostinianos Recoletos
  • Home
  • FSAR
  • Fsar de Belém se adapta na Pandemia para Ciclo de Palestras na Semana Agostiniana
Brasil FSAR

Fsar de Belém se adapta na Pandemia para Ciclo de Palestras na Semana Agostiniana

| Rita de Cássia de Oliveira Barbosa – FSAR Belém | Em 2012, quando a Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta de Belém celebrou 30 anos de sua fundação, foi realizado nos dias 2, 3 e 4 de maio, um Ciclo de Palestras. Os temas foram:“Os Agostinianos e a Missão no Marajó”, “Iconografia Sacra” e “Os Leigos em Santo Agostinho”.

O Ciclo de Palestra, dentro da Semana Agostiniana, tem como objetivo divulgar o carisma agostiniano, que está embasado no tripé: interioridade (oração), comunidade e apostolado (missão); bem como as contribuições do pensamento de Santo Agostinho tanto na filosofia como na teologia. 
Em anos anteriores, a Comunidade dos Agostinianos Recoletos, durante o mês de agosto propunha formações, gincanas e adorações vocacionais. Desde 2016, ofereceu mais de um dia de formação dando origem, assim, ao Ciclo de Palestras. Em 2017, quando a FSAR-Belém completou 35 anos de fundação, assumiu o apoio ao evento. Em 2016, os temas foram selecionados de modo introdutório ao pensamento agostiniano; em 2017, foram abordados aspectos biográficos de Santo Agostinho: o filósofo, o doutor e o pastor;em 2018, em consonância aos apelos da Ordem com a Expedição Vocacional, ressaltaram-se as vocações leiga, sacerdotal e religiosa em Santo Agostinho; e, em 2019, foram tratados temas sobre eclesiologia, metafísica da interioridade e livre-arbítrio e a questão do mal.

Devido à crise mundial provocada pela pandemia Covid-19, o V Ciclo de Palestras (2020) será realizado, pela primeira vez, com formações online através das redes sociais. Serão abordados os temas: “A Espiritualidade Agostiniana”, “Moral em Santo Agostinho” e “A música em Santo Agostinho”.

FRATERNIDADE SECULAR AGOSTINIANA RECOLETA DE BELÉM

HISTÓRICO

A FRATERNIDADE SECULAR AGOSTINIANA RECOLETA DE BELÉM (PARÁ), fundada dia 5 de maio de 1982, sendo Vigário Frei Dionísio Pastor Bueno e Vigários Coadjutores Frei Antônio Moreno Nunes e Frei Jesus Florêncio Izaguirre, teve como membros fundadores: Carlos Aragão de Castro e Rosa Maria de Oliveira Castro, Irsef Ivan Araújo Souza e Maria do Socorro Jardim Souza, José Leandro Pereira e Zilda Pereira, Diomério Coelho Serrão e Laura Lúcia Pinheiro Serrão, Francisco Sales e Jurema Sales, as jovens Tereza e Tânia Sales (filhas de Sales e Jurema), Pedro Gomes Cavalcante e Angélica Barbosa Cavalcante, e Maria Ruth Garcia Reis. E sua duração é por tempo indeterminado.

A sede da FRATERNIDADE SECULAR AGOSTINIANA RECOLETA DE BELÉM está localizada no domicílio dos Agostinianos Recoletos na cidade de Belém, na Avenida Cipriano Santos, 311 – Canudos, cidade de Belém, Estado do Pará.

A FRATERNIDADE SECULAR AGOSTINIANA RECOLETA DE BELÉM possui ESTATUTO PARTICULAR, que foiaprovado no Ano Jubilar (25 anos), em 17/09/2007, e foi REVISADO, em conformidade com a nova “Regra e Estatutos de Vida dos Seculares Agostinianos Recoletos”, aprovados pelo Decreto de 20 de maio de 2015, da Sagrada Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, em Roma. O Estatuto Particular Revisado foi aprovado pelo Conselho em 24/05/2016, com vigência a partir de 06/06/2016.

Atualmente, a FRATERNIDADE SECULAR AGOSTINIANA RECOLETA DE BELÉM conta com 45 (quarenta e cinco) membros com Promessas, dos quais 8 (oito) estão afastados por motivo de domicílio em outra cidade, por doença etc. No período de formação inicial, encontram-se 12 (doze) candidatos.

A Fraternidade de Belém tem encontros duas vezes por mês, de 15 em 15 dias, às segundas-feiras, à noite. As reuniões têm caráter de formação e espiritualidade, alternadamente.O material utilizado nos encontros são os fascículos “Peregrinos” e as “Oficinas de Oração”, respectivamente.Habitualmente, há Retiros, nos moldes dos “Exercícios Espirituais Agostinianos”, que ocorrem no início de cada semestre e no final do ano. Atualmente, o Assistente Espiritual da Fraternidade é o Frei Luís Carlos de Melo e Silva Albim, OAR.

Noticias Relacionadas

Já é Círio no rio Pacajá!

Sergio Sambl

O prior de Salamanca: “Dia ao dia nos preocupamos porque somos uma comunidade de risco”

Nicolás Vigo

Microsoft Employees Question C.E.O. Over Company’s Contract With ICE

admin

Faleceu em Madrid um Agostiniano Recoleto de 75 anos por Coronavirus

Nicolás Vigo

Advento e Natal: Esperança e Alegria

Vanesa Pagiola

Encontro dos Missionários da Prelazia do Marajó em Outubro de 2020

Vanesa Pagiola

Deja un comentario